Presídio Central

Porto Alegre é cenário de muitas vidas perdidas, incluindo de pessoas que ainda não morreram. É da pior cadeia do Brasil que a violência pulsa e se espalha pela cidade. Afinal, mais que encarcerados, presidiários estão presos ao crime. Gabriel Michels mistura ficção com essa triste realidade, que faz todo o sentido quando se conhece a história de quem vai parar no Presídio Central. O resultado é uma narrativa forte e que prende o leitor do início ao fim.

Presídio Central

R$ 39,90Preço
  • ⭐⭐⭐⭐⭐ - Clarissa Bueno

    O livro é sensacional! História realista e muito bem escrita! É angustiante, surpreendente e traz uma mensagem incrível sobre a dignidade da pessoa humana. Recomendo muito a leitura!

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Aline Paes de Oliveira

    Livro incrível, surpreendente e impiedosamente realista.

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Elias Lima

    Excelente Livro!! Uma história comovente e que me fez refletir sobre a vida. O final é surpreendente.

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - FS

    Após ler os primeiros dois capítulos não consegui mais largar o livro. O autor consegue te levar com facilidade através da vida de Di, o detento, que pontuada com diálogos informais faz você se chocar e em alguns momentos rir. O autor descreve com detalhes a realidade desconhecida dos detentos do Presídio Central pelo ponto de vista de Di enquanto nos apresenta estatísticas brutais da criminalidade na capital gaúcha. Presídio Central trata de um assunto que normalmente não procuro ler, mas que nesse caso me fez virar cada página de maneira frenética até saber o desfecho desta história. Recomendo.

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Stephanie

    O livro é muito interessante nos faz refletir que muitos acabam se tornando delinquentes por vir de uma família tóxica sem perspectiva nenhuma, a história do Di com certeza é a mesma de tantos outros e isso nos faz pensar que devemos sim apoiar os direitos humanos acreditar em ressocialização e que não nos cabe julgar sem antes entender os caminhos que levam alguém a seguir na vida do crime, não se trata de defender bandido mas ver o outro lado da história, o Di foi vítima da própria história que desde a infância não lhe proporcionou nenhuma oportunidade de ver a vida de outra maneira ...o questionamento que fica é será que ele tentaria mudar de vida ? Ou apenas mesmo que tentando fazer algo bom somente adiantou algo que já estava marcado para acontecer ? Nunca saberemos mas a verdade é que a realidade do Presídio Central foi bem narrada e dificilmente veremos alguém saindo de lá sem o destino traçado.

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Róger Gonçalves de Oliveira

    Como morador de Porto Alegre e antenado nas notícias locais, é impressionante como a estória de Di e as menções do Gabriel nos refresca as memórias sobre os crimes mencionados no decorrer do livro. Assustador perceber que tudo mencionado faz parte do nosso cotidiano. Merece um documentário.

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Helene Stadt

    Muito bem escrito, te prende e te bate na cabeça com uma realidade muito dura. Daqueles livros que não conseguimos parar de ler mas queremos desacelerar para que não acabe rápido demais.

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Cliente Kindle

    Confesso que ao terminar esta leitura estou sentido profunda tristeza. O Autor nos prende à história de uma forma implacável e arrebatadora, trazendo à luz o que estava adormecido dentro de nós. Vivemos em bolhas sociais e estamos cada vez mais cegos diante dos problemas e dificuldades que os nossos semelhantes vivem. Como exemplo emblemático temos o caso de Di, personagem do autor, que passou despercebido durante sua infância inteira, invisível aos olhos da sociedade. Muito obrigado por este livro, Gabriel!

    ⭐⭐⭐⭐⭐ - Thais M.

    Livro que prende você na leitura do início ao fim! E me fez refletir como estamos tão próximos de um mundo que fazemos questão de fingir não existir...

    Mais depoimentos aqui.